30
Jun 10

Este 'post' foi um trabalho sobre prevenção de doenças veiculadas por alimentos, elaborado pelas alunas Bárbara Aparecida Barbosa e Keiliane Pereira de Paula, ambas alunas do SENAC e do 3º ano do Ensino Médio (turma 301), da E.E. Prefeito Joaquim Pedro Nascimento, em Gov.Valadares - MG.

As DVAs freqüentemente apresentam sintomas como dores abdominais, diarréia, náuseas, vômitos e/ou febre.
As doenças de origem alimentar podem ser reunidas em dois grupos: as infecções e as intoxicações, sendo mais comum às infecções do que as intoxicações.

INTOXICAÇÃO X INFECÇÃO: VOCÊ SABE A DIFERENÇA?


Na intoxicação, a contaminação ocorre após a ingestão de alimentos que contêm toxinas produzidas por microrganismos que podem atacar a parede intestinal. Já na infecção, os microrganismos patogênicos são ingeridos com os alimentos contaminados, e passam a colonizar o organismo ou produzir toxinas.

DICAS IMPORTANTES PARA EVITAR AS DVAs


• Lave as mãos antes de preparar os alimentos;
• Lave as frutas, verduras e legumes em água corrente, limpa e tratada. As verduras, frutas e legumes consumidos crus devem ser desinfetados com água e hipoclorito de sódio (água sanitária), utilizando – se os seguintes produtos e técnicas:
* Para 1 litro de água, utilizar uma colher de sopa de água sanitária (2% a 2,5%), sem cheiro, sem corante, sem detergente e de procedência confiável. Deixe os legumes, as frutas e as verduras nessa solução por 15 minutos de enxágüe em água corrente.
*Em caso de hipoclorito de sódio (água sanitária) fornecido pelo posto de saúde, siga as instruções contidas na embalagem;
• Pessoas que apresentem feridas nas mãos deverão desinfetar e cobrir muito bem esse ferimento para não contaminar os alimentos;
• Pessoas com sintomas de intoxicação ou infecção alimentar não devem preparar ou manipular alimentos;
• Cozinhe bem os alimentos. Ferva o leite antes de consumir;
• As carnes devem ser muito bem cozidas;
• Não consuma ovos crus nem alimentos que levem ovos crus em sua preparação, como maionese caseira, gemada, glacês, ovo pochê. Para esses tipos de pratos, utilize ovos pasteurizados ou em pó. Utilize maionese industrializada ou prepare o creme de maionese com ovo cozido;
• Não utilize ovos com casca rachada;
• Não deixe os alimentos prontos em temperatura ambiente (em cima do fogão, no forno, sobre a pia) por mais de 30 minutos;
• Quando comprar alimentos, coloque por último no carrinho de compras as carnes, peixes, queijos, iogurtes e outros alimentos perecíveis que necessitam de refrigeração;
• Os produtos que necessitam de refrigeração não podem ficar mais de 30 minutos em temperatura ambiente;
• Lave muito bem com água e sabão os utensílios, tábuas de corte, panela, e pias, mantendo-os rigorosamente limpos;
• Na geladeira, armazene nas prateleiras superiores alimentos prontos para o consumo, os semiprontos ou pré – preparados, nas prateleiras do meio e os produtos crus, nas prateleiras inferiores, separados entre si e dos demais produtos;
• Reaqueça bem os alimentos vencidos;
• Evite o contato entre alimentos crus e cozidos;
• Mantenha os alimentos e/ou preparações fora do alcance de insetos e animais;
• Não deixe o lixo exposto ou aberto na área de preparação dos alimentos;
• Utilize somente água tratada ou fervida;
• Limpe a caixa d’ água de sua residência a cada seis meses;
• Após a manipulação de alimentos, principalmente carnes, limpe cuidadosamente as superfícies como pia da cozinha, tábuas de corte e utensílios;
• Descongele os alimentos na geladeira e nunca na pia da cozinha;
• Não deixe que os restos de alimentos de origem animal entrem em contato com outros alimentos;
• Utilizar maionese somente industrializada ou maionese feita em casa, mas usando ovos pasteurizados ou em pó;
• Guardar produtos perecíveis na geladeira;
• Uma vez descongelado, um alimento não deve ser congelado novamente;
• Após tirar um alimento da sua embalagem original, guarde as sobras em um vasilhame limpo, seco ou um vidro, se houver saída de gás, jogue fora, pois é sinal de contaminação de bactérias. O mesmo deve ser feito se a cor ou a textura estiver estranha;
• Nunca utilize produtos vencidos;

COMO COMPRAR UM ALIMENTO SEGURO


• O estabelecimento em que você compra os alimentos deve estar sempre limpo, arejado e iluminado;
• Observar as condições de higiene do manipulador;
• Evitar comprar alimentos de ambulantes;
• Não permitir que alimentos como pães, doces e frutas sejam embalados inadequadamente (jornal);
• Ao fazer compras, deixe para o final os alimentos que necessitam de refrigeração ou congelamento;
• Não comprar produtos com validade vencida; lata estufada, amassada e enferrujada; vidro com líquido turvo ou com espuma ou com a tampa enferrujada; embalagens plásticas ou de papel amassadas.

Órgão oficial de regulamentação e vigilância sanitária
ANVISA - Agência Nacional de Vigilância Sanitária
extraído de:http://bahlaiuhdagata.blogspot.com
publicado por profdbio às 21:47
|  O que é? | favorito
Junho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
16
17
18
19
20
21
22
24
26
27
29
RSS
Posts mais comentados
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
karakas o kara quer virar um elefante
kkkkkkkkkkkkkk
cadÊ o post???
O assunto esta muito interessante, fez com que eu ...
sorte que esse e um blog de escola se não ia xinga...
A pessoa que faz isso é muito burra! Não precisa d...
nossa imagino que os "fortinhos"lá da escola dever...
Essa é mais uma daquelas pegadinhas de professor.....
hehehehe...ficou foda essa!
Cara...eu acho que cada país...deveria criar uma c...
blogs SAPO